Miguel - Príncipe Arcanjo da Guerra

Miguel - Príncipe Arcanjo da Guerra

Miguel - E sua Batalha contra o Dragão

Miguel - E sua Batalha contra o Dragão

Miguel - O Arcanjo Guerreiro

Miguel - O Arcanjo Guerreiro

 

Lúcifer (Dragões) são as Almas dos Anunnaki

Anunnki lucifer

Em relação á origem de Lúcifer, como já expliquei em outros posts sobre o Diabo como muitos conhecem. Ser opositor aos princípios morais das leis universais, que na verdade representa um contingente de espíritos banidos de outros mundos e aqui se encontram a milhares de anos, e agora vamos dar prosseguimento neste estudo se baseando em mais informações paralelas relacionado a isso; á do mito dos deuses anunnakis.

Com os registro coletivos arquivados dos contos dos vários povos mesmo que de forma vaga e que pela arqueologia moderna tem sido descobertas.

Novas revelações mitológica foram trazidos á luz; como por exemplo dos sumérios, e sua interação direta com seus deuses antigos denominados de ANUNNAKIS, nos primórdios da evolução terrena. E a possível relação entre estes dois temas, sob o vulgo das revelações espirituais modernas, á esclarecer de como foi a formação espiritual da terra a milhões de anos atrás.

“..Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão, e batalhavam o dragão e os seus anjos; Mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou nos céus. ”(Apocalipse 12:7-8)

A Queda dos Anjos

Rebelião Lucifer

Anjos não representa em si, seres alados com asas, como a imaginação humana sempre materializou, mais sim; espíritos já provindos de grandes conhecimentos desenvolvidos. Assim é visto lúcifer e suas legiões simbolicamente. O espirito no caminho da evolução deve-se aperfeiçoar em ciência (conhecimentos das coisas) e moral (sentimentos, atitudes fraternas, amor e etc). Dois fatores que representam as asas dos anjos simbolicamente, mais quando se desenvolve mais uma lado que outro, o resultado é queda.

Assim nos explica o espírito Ramatís, na obra O Astro Intruso. Todos os planetas habitados passam por seus períodos transicionais de fim de tempos, e quando isso ocorre os espíritos que não conseguem acompanhar a evolução destes planetas, são banidos para outros planetas inferiores, onde lá não só terão que recomeçarem tudo de novo, mais em situações mais severas e duras, pela expiação e ao mesmo tempo tendo seus conhecimento como alavanca de ajuda na evolução dos espíritos primitivos habitantes destes orbes por suas interações nestes meios.

Anjos caídos Anunnaki

Os caídos passam a encarnar em corpos primitivos e menos aperfeiçoados, sofrendo todas as consequências e dores destinados a estes mundos primitivos. Essa é a verdadeira visão do paraíso perdido, e por isso a gênese retrata;

“..Multiplicarei grandemente a tua dor, e a tua conceição; com dor darás à luz filhos; ..”(Gênesis 3:16)

A Queda de Capela

Sobre a imagem da queda e origem de Lúcifer; segundo a literatura espirita, houve um grande aglomerado de almas que foram descaídos dos sistemas planetários de capela para a terra a milhares de anos atrás, mais junto com estes outras raças de outras constelações em tempos diversos, e sobre o vulgo de os DRAGÕES, uma classe de espíritos sendo um caso em especial aos capelinos, pois eram altamente inteligentes e evoluídos cientificamente, e agentes diretos de grandes crimes galácticos em muitos mundos no abuso de poderes e do ego, exilados aqui também foram em épocas muito remotas. Vamos aqui retratar o que ocorreu desde o começo com essa legião de Lúcifer aqui em nossa morada planetária a milhões de anos atrás desde suas chegada.

Os Dragões

 

Diabo conhecido por Lúcifer (anjos caídos) Dragões.

Diabo conhecido por Lúcifer e em coletividade (anjos caídos) são conhecidos como os Dragões.

Este espirito se apresentou com uma bela linguagem em termos de conhecimento tecnológico e cultural, com palavras dignas de um ser de sublime evolução espiritual, ao qual com o tempo no narrar de sua história pouco a pouco se revelou expressamente pertencer a um conjunto de almas de grande baixeza espiritual denominados de os DRAGÕES.

Seres sedentos de poder em todas as mazelas derivadas do orgulho e da maldade e assim ele definiu a história de sua raça: Em um conflito com uma raça, que denominou de inimigos, numa grande investida bélica, acabaram por explodir o planeta onde viviam seus adversários, por não reconhecerem o que chamou de; nossa forças e poderes absolutos. (B:)

Este quinto mundo em nosso sistema solar tornou-se um cinturão de destroços, que até hoje vaguea pelo espaço, e depois da guerra estes senhores voltaram suas atenções ao terceiro planeta do sistema solar; a Terra.

Chegando aqui em meio aos seus planos de reencarnarem neste novo mundo, afim de domina-lo, tiveram que se decepcionar com algo que fugiu aos seus planos, pois aqueles ao qual haviam destruído no planeta anterior, passaram a ser absorvidos pelo planeta terra e reencarnaram entre os terrícolas primitivos.

Magos escuridão

Quase toda a totalidade destas almas que chegaram a terra do quinto planeta destruido, por suas evoluções que eram grandes conhecedores da vida em seus diversos subplanos do espirito, dos elementos e da ciência, fizeram o contingente de MAGOS NEGROS e BRANCOS, que dominaram o continente de Mu, Lemuria e Atlântida em épocas remotíssimas.

Os Dragões manipularam corpos primitivos pela genética com a intenção de serem usados no futuro pela via da reencarnação, pois não queriam encarnar em corpos primitivos, onde as limitações cerebrais, seriam um entrave, aos seus poderes psíquicos descomunais. Fundaram monumentos em todo mundo, criaram um rastro energético que começava na África setentrional e ia até a Palestina, como uma espécie de campo de pouso.

Mais quando tentaram abandonar o planeta para a volta ao seu mundo de origem, tiveram uma surpresa; não conseguiam sair da atmosfera do planeta, impedidos por uma força sobrenatural que os forçou a serem prisioneiros da terra por milênios.

Base Anunnaki

Por ficarem muito tempo sem reencarnarem por sua próprias escolhas, seus corpos espirituais entraram em colapso e muitos não conseguiram resistir ao campo eletromagnético que conduzia ao útero das fêmeas primitivas.

Os que resistiram perderam a carcaça externa espiritual. No astral formaram um império, até a época em que vieram os capelinos, que em grande parte se juntaram aos DRAGÕES, com os Magos NEGROS que fizeram-se de opositores ao poder draconiano na luta pelo poder. Naquele tempo devido a natureza ainda primaria do planeta, ele podiam atuar diretamente sobre a matéria virgem do mundo, com o poder se suas mentes e assim as batalhas pelo poder sucediam-se interminavelmente.

Grandes guerras se fizeram nesta época, os DRAGÕES chegaram até pela manipulação genética criarem corpos bizarros para aprisionar pela reencarnação os magos negros, o que não se deu tão certo com os primeiros corpos e tentativas. (D:)

Para tomarem conta do poder absoluto da superfície, tanto os MAGOS e os DRAGÕES, decidiram em concorrência coletiva reencarnarem no antigo continente, mais devido as ideias progressistas de muitos exilados que também estavam na carne nesta época, acabaram sofrendo baixas de ambos os lados, pois muitos de seus se converteram as mensagens do bem pregada por muitos missionários nos ideais do cordeiro. (A:)

Anunnaki Atlântida

Mais em meio da busca do poder os Dragões e o Capelinos passaram a resistir e num numa época mais afrente conseguiram contaminar a atmosfera do planeta, o que levou uma autoridade espiritual desconhecida deles resolver dar cabo daquela civilização á afundar aquele continente nos mares.

Fato que teve uma posição positiva para os dragões, pois os MAGOS NEGROS acreditaram que este acontecimento se dava pela vontade e pelo poderio de seus rivais.

Annunaki humanoide

Por serem grande conhecedores dos astros e dos prognósticos, inspiraram seus conluios encarnados a migrarem para outros continentes antes da catástrofe final, onde fundaram centro de estudos no futuro e em contra partida os poderes do bem contrários a politica dos dragões fundaram templos iniciáticos e escolas de sabedorias.

sieta, perdiam as forma de seus corpos espirituais que degeneravam cada vez mais, destruindo aquelas feições sublimes que outrora ostentavam, ai decidiriam reencarnar entre os terrícolas como ultima cartada para manterem principalmente suas consciências intacta pela degradação.

Alien Anunnaki

Mais para suas surpresas descobriram que não conseguiam reencarnar por mais que tentassem, até mesmo os magos da escuridão fora acometido da mesma maldição. Perante a esta realidade decidiram declarar guerra contra o povo que receberia em seu seio o Messias, representante do plano espiritual maior, pois segundo as profecias ele deveria aparecer.

Os Magos negros se submeteram ao comando dos Dragões, e por séculos tentaram armar um esquema que tinha por finalidade boicotar a vinda do Messias, agindo diretamente na fonte, nos elementos genéticos daqueles que seria seus antepassados, mais nada obteve êxito.

A época do Messias

Jesus Anunnaki Dragões

Mais quando a época chegou, um de seus estava na frente de batalha, mais algo imprevisto começou a ocorrer, suas retinas espirituais se deterioraram extremamente, impedido os de resistir a luz solar, gerado pela perda da forma e após diversas tentativas de impedir o nascimento do Messias.

Acabaram por uma força maior sendo todos arrastados e acorrentados nas profundezas do abismo. De onde até hoje somente dirigem seus conluios partidários ao seu poder na terra e no astral, e uma coisa ficou clara; não poderiam mais reencarnar na terra, e assim para eles os DRAGÕES, fechadas as portas do progresso.

Magos Negros e Legiões

Magos negros

Somente os Magos Negros podem interagir indiretamente na humanidade tanto no astral quanto pela superficie, e assim os DRAGÕES lhes ofereceram a eles seus conhecimentos arquivados por milênios e que são usados ainda hoje, nesta novas civilizações por seus agentes infiltrados no campo da politica, religião e cultura de nossas sociedades. Até a época do fim de suas atuações neste mundo, quando outra vez serão banidos para outras moradas inferiores e primitiva em um novo exilio planetário.

“Por isso alegrai-vos, ó céus, e vós que neles habitais. Ai dos que habitam na terra e no mar; porque o diabo desceu a vós, e tem grande ira, sabendo que já tem pouco tempo.” (Apocalipse 12:12)

“E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre…”(Apocalipse 20:10)

Comentário Espada de Miguel

A: Lúcifer é a representação do mal, do espirito em sua infância espiritual provida já de bastante raciocínio também, mais ninguém foi criado para ser eternamente mal, pois se assim fosse, seria obra de Deus, e Deus sendo bom e justo jamais criaria seres voltado ao eterno mal. Assim define o livro dos espíritos na codificação espírita, sendo assim muitos que por milênios ostentaram o cargo de numero um nesta falange, podem se converterem e se arrependerem do mal em que estão, voltam a fieira do progresso, enquanto outros assumem suas antigas posições.

B: Em outra obra paralela ao qual faz referencia do que parece ser os mesmo enredo espiritual e histórico. Os Dragões são designados de Morgs em suas naturezas planetarias enquanto a outra raça seriam os Ergs, e este planeta destruido seria o décimo em nosso sistema solar.

C: Talvez na tentativa de demonstrar soberania no enredo, este espírito distorceu a verdade dos fatos, pois não foram os Morgs que destruíram o décimo planeta, mais sim os Ergs pelo uso do átomo desdobrado, no bombardeio do núcleo do planeta na tentativa de impedir a invasão de seu planeta pelos MORGS.

D: Em uma dessas guerras no planeta terra na época da esplendorosa  Lemuria entre Morgs e Ergs que se deu, possivelmente foi com o uso de Vimanas (discos voadores), e foi registrado como a “guerra nos céus”, e no livro religioso dos Vedas como a guerra dos Suras e Assuras com suas maquinas voadoras.

E: A abelha seduzida pelo odor das flores, na busca de suas ambição (mel), sem saber é usada no proposito divino, pois ao mesmo tempo espalha o pólen em seu caminho de volta a colmeia, e assim tudo na criação e na natureza se harmonizam tendo seu justo valor e lugar na organização da obra divina.

Os Anunnakis ou Dragões, por suas quedas em meio a suas ambições e por seus conhecimentos nas manipulações genéticas aperfeiçoaram a raça humana, pelo aprimoramento da coluna vertebral da espécie hominídea, os tornando de postura ereta, coisa que a ciência até hoje entra em choque com a realidade fóssil, pois ainda não se achou um exemplar perdido que seja o elo entre o neandertal e ao primata.

Com a conclusão da ciência de que houve um pulo aceleradíssimo sem explicação nessa possível evolução do homem. Coisa que a ufologia também aceita acreditando que este trabalho de engenharia genética tenha sido efetuada pela raça extraterrestre dos Greys (cinzas) - alinigenas que sofreram acidente com a queda de seu ovni em Roswell novo México em 1948.

AUTOR : Valter J.Amorim (Espada de Miguel)

Fontes de Apoio:

*Senhores da Escuridão do médium Robson Pinheiro

*ERG O Décimo Planeta do Médium Roger Feraudy

*Os Exilados da Capela do médium Edgar Armond e demais notas e edição Valter J.Amorim


 

Postagens Relacionadas:

Os Anunnaki ou Deuses Ant-Dilúvio, e a Origem do Homem

Os Nephilins e seus planos no Domínio Mundial

Magos Negros

A Deformação no Corpo Espiritual e o Monoídismo

A Emigração dos Espíritos Capelinos (Segundo Akenathon)