Miguel - Príncipe Arcanjo da Guerra

Miguel - Príncipe Arcanjo da Guerra

Miguel - E sua Batalha contra o Dragão

Miguel - E sua Batalha contra o Dragão

Miguel - O Arcanjo Guerreiro

Miguel - O Arcanjo Guerreiro

 

O verdadeiro Trono de Satanás (Imperialismo)

Trono de Satanás

O trono de satanás bíblicamente representa a força opositora contra os ideais cristãos. Forças antagônicas ao progresso e á um futuro mundo de paz, amor e união. É o verdadeiro inimigo de Cristo e seu reinado celestial, que tentará nesta batalha final, fazer guerra contra o cordeiro.

Vamos aqui dar o verdadeiro teor deste sistema, que muitos ainda equivocadamente, enganam-se, geralmente induzidos pelos servos deste sistema que corrompe o mundo é serve de perdição aos filhos da Luz.

Por propagandas globalistas HOJE e de sua mídia, fala-se muito que o Comunismo teriam matado 100 milhões, e o capitalismo um ínfimo número como nescessidade ao progresso e teria como base de sua atuação, o fim da idade média no antigo feudalismo, más aqui passaremos entender que o ideal capitalista é muito mais antigo, simbolo do próprio trono de satanás e que sistema algum matou muito mais que este.

Vejam: A Farsa do Livro Negro do Comunismo e dos 100 milhões de Mortos

Trono de Satanás

Igrejas do diabo

"Ao anjo da igreja de Pérgamo escreve: Isto diz aquele que tem a espada afiada de dois gumes: Sei onde habitas, que é onde está o trono de Satanás. Contudo, reténs o meu nome, e não negaste a minha fé, mesmo nos dias de Antipas, minha fiel testemunha, o qual foi morto entre vós, onde Satanás habita.

PÉRGAMO situava-se em uma enorme colina rochosa, e os romanos a tornaram a capital da província da Ásia Menor. Como nas demais cidades ditas pagas, o povo adorava os deuses do panteão greco-romano. Esculápio, o deus da cura, era adorado em forma de uma serpente; havia também um altar a Zeus; e, por ser a capital da província, ali se praticava o culto ao Imperador romano.

O "trono de Satanás" (Ap 2:13) é bem representado por essa época em que a igreja se prostituiu com doutrinas pagas, quando admitiu práticas exteriores e um culto de aparências, a fim de alcançar o poder temporal. Nesse período foi abertamente admitida a idolatria a ídolos pagãos, sob o nome de santos cristãos, a fim de estabelecer aliança entre os pretensos seguidores de Jesus e o mundo.

O imperador Constantino foi, nessa época, aquele que mais contribuiu para o fortalecimento dessa aliança tenebrosa, que, mais tarde, geraria as forças tirânicas do papado, atrasando a marcha evolutiva das comunidades terrestres em séculos de ignorância e de sofrimento.

Capitalismo Illuminati

NOM e Capitalismo

O trono de satanás descrito nas escrituras, e hoje materializado na Nova Ordem Mundial, representa em primeiro lugar, um sistema de idéias contrarios á moral do Cristo, que como seus dois chifres (política e religião) procura dominar o mundo. Centralizado em:

– Escravisações

Desde antes da era cristã, que os homens mais ardilosos entenderam que a religião é um ótimo meio de conquistar poder em cima da população maioral. Como foi o caso de Roma, se submetendo ao cristianismo, sob a direção de Constantino.

– Centralizações de poderes

A centalização de poderes deste sistemas em uma única cúpula, como era na atiga Israel, na roma dos papas e agora na elite global financeira.

– Benefício á uma classe mínima

Eram essas classes mínimas e soberanas que detinham as maiores somas de posses e poderes.

– Retrocesso Espíritual do Mundo

A humanidade evolui por opção natural, assim como os conceitos humanos de convívios sociais. Essa melhoria, representa a evolução psiquica e portanto, espiritual dos homens. Para continuar sobreviver e manterem seus regimes, o trono de Satanás precisa manter a humanidade no passado, da ignorância espiritual.

O reino de Satanás

Mundo Satanás Governou

Com a vitória de Jesus, na eclosão de uma nova era (cristã), deu-se fim, os alicerces daquele mundo antigo, ao qual já não podia dar frutos (Mateus 15:13 e Marcos 11:13,14), simbolo da figueira infrutífera.(Marcos 11:13,14), ao qual Jesus declarou já ser pertencente ao diabo.

A destruição de Jerusalém no ano 70dc, representou a justiça divína sobre aquela nação, como todas corrompidas, onde se foi usando os romanos para espiar aquela geração rebelde, como o (Senhor) usaste a Babilônia contra esta mesma nação no passado. (Jeremias 25:9).

Vejam: A Grande Tribulação e o Fim dos Tempos

“Para que desta geração seja requerido o sangue de todos os profetas que, desde a fundação do mundo, foi derramado;” (Lucas 11:50).

Com a vitória do Messias, aquele reino antigo SIONISTA, foi destruido e estas almas egoístas e satanizadas voltaram as trevas umbralinas do mundo espiritual.

“E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele.” (Apocalipse 12:9)

As Bestas Apocalípticas

A era cristã, não sendo de paz como afirmou Jesus, ficou sobre o domínio da Besta (Roma) e do Anticristo (papado romano). Um sistema que usurpou a igreja pura (igreja primitiva) para o domínio das consciências previa a profecia de Daniel (Daniel 12:11).

O poder temporal ficou centrado na igreja, que passou por seus equívocos sistematicos e ditatoriais, como o exemplo monopólico da bíblia, assassinatos, perseguições, cruzadas e guerras com a desculpa de vontade divina. Logo mais na história temos o protestantismo, que tentou representar uma certa liberdade á estes poder da igreja romana, más depois seguiu os mesmo ideais ditatoriais.

Depois com o iluminismo, estas mesmas promessa de liberdades, foram cultivadas nas ditas SOCIEDADES SECRETAS, por mentes de intelectuais de boa vontade, más que adiante na história, passaram a seguir a agenda da própria igreja (romana), pela centralização de poderes em um sistema a que chama-se hoje de NOVA ORDEM MUNDIAL.

Sinagogas de Satanás

O Sionismo Moderno

Toda a Nova Ordem Mundial, está centrada no próprio sionismo judaico mundial. Um sistema filosófico negro, que só pode manter seus poderes pelas manipulações e mentiras. Desta forma controlam nações (cristãs).

O sionismo cumpre seu papel (O DRAGÃO) de sistema e consciências coletivas (almas coletivas afinadas), centradas em suas filosofías talmúdicas, que predominou Israel dos tempos de Jesus. Ressurge mil anos depois de sua derrota com Cristo, para dominar o mundo enganando todas as nações.

Vejam: Sionismo – O Dragão do Apocalipse e a Invasão Reptiliana

Proselitismo, ideiais de povo previlegiado, negação ás pluralidades, preconceitos e unicidade religiosa, são alguma de essências talmudicas, ou (obras da lei) também cultivadas por dominações cristãs, manipuladas pelo sionismo. Então, desde o início da era cristã, ninguém matou mais que o trono de Satanás e isso é fato.

“O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.” (João 10:10)

E o capitalismo é a marca desta besta chamado hoje de Imperialismo, um aprimoramento destes sistemas antigos, sob edge de uma cúpula centralizada para o domínio de todo o globo. Más como o mundo avança e é seu destino evoluir, saindo desta era antiga (peixes), para uma Nova Era(aquário) assim, não há como a elite global vencer.

Após entrarmos diante na NOVA ERA, outra vez o Cristo vence e de forma definitiva, com estes sistema em lembrança de um passado, onde estávamos em trevas e estas almas banidas ou expulsas deste planeta de vez, sendo os novo nephilins de outros planetas primitivos do universo (moradas do pai) se repetindo o ciclo sistematico para evolução dos filhos de Deus. Pois não podiam entender a luz, a graça, união e a fraternidade.

Autor: Valter J.Amorim (A Espada de Miguel)


Postagens Relacionadas:

Fora Dilma, fora PT, fora Comunistas e a agenda Anglo-Sionista

AIPAC – O lobby e Máfia Sionista que domina a política nos Estados Unidos

Boicote a Israel, porque todo homem de bem e cristão devem apoiar ?

A Grande Transição Planetária e o Espiritismo