Miguel - Príncipe Arcanjo da Guerra

Miguel - Príncipe Arcanjo da Guerra

Miguel - E sua Batalha contra o Dragão

Miguel - E sua Batalha contra o Dragão

Miguel - O Arcanjo Guerreiro

Miguel - O Arcanjo Guerreiro

 

Fundo Monetário Internacional – FMI e a escravização illuminati

FMI - Nova Ordem Mundial

Então, o que é essa entidade chamada FMI ?

Este artigo em especial é para os partidários cegos de direita, apoiadores unânimes do modelo neo-liberal em diversas nações, sempre com a desculpa de enxugar contas públicas, dando margem ao caminho da salvação pelas ditas privatizações. Tão certo de que 1 +1 é igual a 2, sabemos que tais nações ao despojarem de tais patrimônios, deixam de arrecadarem milhões, que na verdade é a cobíça da iniciatíva privada e da elite global que se alimentará da dependência e da escravização de muitas nações. Tal técnica já era descrita como plano de domínio nos “protocolos dos Sábios de Sião”.

A pergunta simples seria: qual seria o motivo em desejar adiquirir um bem nacional que não dá lucro mais para uma nação ?

A resposta é claro: uma farsa !

E nada tem em preoculpação de tais agentes políticos com suas nações a implatarem esses regimes financeiros em seus países, más em seus próprios, as custas da soberania e despojo de sua nação. Assim, todos os países que se submetem-se ao FMI e aos mandos de seus agentes entreguistas, acabam fazendo um verdadeiro “pacto como diabo”. Por isso é que todos os outros que seguem sistemas políticos independente, livres, mais socialistas e patriotas, são perseguidos, caluniados e esmagados pela mídia coluia, pelos simples fato de negarem tal modelo de interesses sombrios.

Fmi e o pacto com o demônio

O Fundo Monetário Internacional foi criado em dezembro de 1945, quando os primeiros 29 países-membros assinaram o seu acordo, e começou a operar em 01 de março de 1947. A autorização para o FMI veio alguns meses antes na famosa conferência de Bretton Woods de Julho 1944. As Nações Unidas e as Instituições de Bretton Woods têm uma parceria multifacetada, ampla e crescente entre essas entidades e o FMI e o Banco Mundial é o maior do mundo do empréstimo de tubarões.

Oficialmente, foi criado o Fundo Monetário Internacional (FMI) para promover a cooperação monetária internacional, a estabilidade cambial e os mecanismos de troca ordenada para estimular o crescimento econômico e altos níveis de emprego e fornecer assistência financeira temporária aos países para facilitar o ajuste da balança de pagamentos. Dificilmente descreve as funções críticas que o FMI fornece ao processo de globalização. Sim, o FMI é um dos principais agentes de mudança na economia global e governança global, mas está longe de ser a única ferramenta.

O objetivo não escrito do FMI e do Banco Mundial é integrar as elites

De todos os países no sistema capitalista mundial de recompensas e punições. Os bilhões de dólares controlados pelo FMI e pelo Banco Mundial criaram uma maior lealdade entre a elite - unificando sua estrutura de poder e fortalecendo seu braço controlador (torcendo) sobre as nações. Muito poderia ser dito sobre este braço de controle, mas para o bem do caso e ponto vou apenas dizer que o FMI trabalha com o Banco Mundial para fornecer financiamento para as nações e que ambos são agências especializadas independentes (ferramentas) das Nações Unidas.

três banqueiros Illuminati

Depois, há o Banco de Pagamentos Internacionais - este terceiro parceiro no crime é uma ferramenta separada em que o FMI e o Banco Mundial trabalham com os governos, enquanto o Banco de Pagamentos Internacionais trata apenas dos Bancos Centrais estabelecidos dentro das estruturas governamentais. É claro que tanto o FMI, o Banco Mundial, o Banco de Pagamentos Internacionais e, claro, as Nações Unidas, foram todos apoiados pela Rockefeller Foundation, JP Morgan e Chase Bank, entre outros banqueiros internacionais.

Quando o Banco e o Fundo emprestam dinheiro aos países devedores.

O dinheiro vem com cordas unidas. Estas cordas vêm sob a forma de prescrições políticas denominadas de; políticas de ajustamento estrutural. Essas políticas ou SAPs, como às vezes são chamados, exigem que os governos devedores abram suas economias à penetração de empresas estrangeiras, permitindo o acesso aos trabalhadores e ao ambiente do país a preços de porão. Não é difícil entender por que o Banco Mundial e o FMI são os maiores credores públicos do mundo - na realidade, é todo o dinheiro dos contribuintes.

As políticas de ajuste estrutural significam privatização generalizada de serviços públicos e indústrias públicas. Eles significam a redução dos orçamentos governamentais, levando a cortes nos gastos com saúde e educação. Eles significam concentrar recursos em culturas de exportação crescentes para os países industrializados ao invés de apoiar as fazendas familiares e cultivar alimentos para as comunidades locais. E, como a sua imposição país após país na América Latina, África e Ásia tem mostrado, eles levam a uma desigualdade mais profunda e destruição ambiental.

Quando um país está em tal problema financeiro que até mesmo o custo de obter um empréstimo é inacessível, então há um último lugar para se submeter - o FMI.

Para obter um empréstimo do FMI, porém, um país tem de ser um membro e contribuir com algo de sua riqueza regularmente para o grande pote de fundos do FMI. Aqui estão todos os membros do FMI e o montante que contribuem para a grande panela de fundos ...

Referências: O FMI Terra Open Network Biblioteca Pleyades The Guardian


Postagens Relacionadas:

Fora Dilma, fora PT, fora Comunistas e a agenda Anglo-Sionista

A Política das Desinformações da Elite Negra dos Illuminati

A usurpação da Palestina pelos judeus Sionistas da Nova Ordem Mundial

Os Protocolos dos Sábios de Sião e a Agenda Reptiliana na terra