Miguel - Príncipe Arcanjo da Guerra

Miguel - Príncipe Arcanjo da Guerra

Miguel - E sua Batalha contra o Dragão

Miguel - E sua Batalha contra o Dragão

Miguel - O Arcanjo Guerreiro

Miguel - O Arcanjo Guerreiro

 

Daesh criado pelos EUA e Israel para domínio de 7 países do Oriente Médio

Isis cria mossad cia

O ISIS ou Estados Islâmicos tem sido hoje, um dos grande flagelos do mundo árabe, judeu e acidental. Seus métodos diferenciados de muitos grupos extremistas tem feito de si, uma unanimidade em matéria de terror. Para muitos cristãos. A própria Besta do Apocalipse e subsequentemente, assim como todo Islã como muitos passaram a crer.

Vamos provar aqui na verdade segundo novas revelações e pesquisas, baseando-se em fatos concretos, uma visão que vai muito além do alcance da visão poular, baseados em nossas teorias conspiracionistas, que o ISIS ou Estados Islâmicos na verdade é uma criação AMERICANA e SIONISTA e do porquê ?

Mídia e a Falsa Bandeiras

Isis criação de Israel e Estados Unidos

Primeiro vamos separar as coisas; diversas comunidades, sérias e muçulmanas manifestando suas opiniões, como no caso do Presidente sudanês Omar Hassan al-Bashir em afirmar: “ O Isis ..seus métodos…são brutais e é uma afronta ao Islã, distorcendo a imagem da religião Islamita".

Infelizmente para muitos cristãos em 98% dos casos, não há esta distinção, não apenas por causa do espírito prosélito destas denominações, más também com a ajuda das falsa crenças bíblicas; como no exemplo da teoria “ISRAEL o Relógio de Deus”, que dá um toque final no controle coletivo destas consciências; onde interpretam a visão de Israel como o povo de Deus e os muçulmanos como inimigos dele e os verdadeiros representantes do mal e até mesmo a besta apocalíptica; e com a ajuda das distorções visuais centrada nas propagandas televisivas controladas da mídia SIONISTA, está completo o jogo das ilusões.

Portanto; fatos são adulterados, manipulados para conduzir a opinião coletiva em favor do expansionismo imperial. Como no exemplo da faixa de Gaza; “de que Israel só se defende, de quem inicia os conflitos são os palestinos e assim por diante.”

Assim a população cristã sempre justifica o massacre e genocídio em GAZA como culpados e resposáveis, por isso; na verdade; seus heróis (HAMAS), que iniciam os conflitos e indiretamente causam a morte de milhares de seus compatriotas. E assim a maioria das consciências populares que em maior parcela pe cristã, caem no jogo, facilitando ainda mais as crença nas operações secretas e falsas bandeiras da Cia, Mossad e Otam.

O Estados Islâmicos menos em Israel

Isis ataca todos lugares menos Israel

Desde o inicio de suas atuações e domínios de diversas regiões do oriente médio, o ISIS tem perpetrado um política radical sangrenta com o assassinato de centenas de cristãos e outros grupos religiosos.

Esse método na verdade tende infundir o medo, submissão e subsequentemente a islanfobia de diversas formas. Más sendo o ISIS, um grupo radical Islâmico teria que possuir uma ideologia como todas tais organizações radicais muçulmanas, centrada em seu maior objetivo na submissão de seu suposto maior inimigo e das nações árabe; ISRAEL.

Más, porque será que o ISIS está em todos os lugares, menos em ISRAEL ?

Um exército islâmico que curiosamente que além de Israel, nunca atacou a Arábia Saudita, nem o Catar.

Porque o ISIS estaria atacando o HAMAS, ao invés de se unir a ele ?

E o que dizer do surgimento desse grupo de um dia para o outro, armado até os dentes, não com velhos fuzis, mas com frotas de veículos novos, tanques, mísseis, armas químicas, helicópteros e aviões? Além disso, contam com estúdios de TV em Hollywood e a indispensável ajuda da Arábia Saudita, os traidores e entreguistas de seus irmãos árabes.

Porque tudo que indica é que o Estados Islâmicos é cria, aliado e financiado por ISRAEL (Mossad) e Estados Unidos (Cia), más vamos adiante para entender isso.

Os Planos sionista para o Oriente Médio

Sionismo quer domínio Oriente Médio

Em 1982, Oded Yinon, um jornalista israelense com ligações no Ministério do exterior de Israel, escreveu: O Plano sionista para o Oriente Médio. O Livro Branco propôs "que todos os Estados árabes devessem ser divididos, por Israel, em pequenas unidades" e a "dissolução da Síria e do Iraque, mais tarde, em áreas exclusivas étnicas ou religiosas, como no Líbano, é alvo primário de Israel na frente oriental, a longo prazo."

A destruição dos estados árabes e muçulmanos, Yinon sugeriu, seria realizado a partir de dentro, explorando suas tensões étnicas e religiosas internas. Agora vejam isso:

Uma quebra limpa

Em 1996 o Institute for Advanced Strategic e Political Studies, patrocinou e publicou um documento intitulado “Uma quebra limpa: uma nova estratégia de segurança para região,” que argumentava que o governo do primeiro-ministro Benjamin Netanyahudeveria fazer uma ‘quebra limpa’ do processo de paz de Oslo e reassumir a reivindicação da Cisjordânia e de Gaza”. O documento apresentou um plano onde Israel deveria “formular seu ambiente estratégico,” começando com a derrubada de Saddam Hussein e a instalação da monarquia hashimita em Bagdá para servir de primeiro passo em direção a eliminação dos governos anti-Israel da Síria, do Líbano, da Arábia Saudita e do Irã”.

Brian Whitaker relatou em um artigo de setembro 2002,  publicado no The Guardian que "vários dos autores do papel Clean Break agora ocupam posições-chave em Washington”, o plano de Israel de transcender seus inimigos por remodelar o Oriente Médio parece um bom negócio mais alcançável hoje do que em 1996.

E curiosamente um destes planos seria desestabilizar e derrubar o governo Sírio. Vejam o relatório: A Clean Break: A New Strategy for Securing the Realm

O Diário de Sharett

De acordo com o diário pessoal do ex-primeiro-ministro israelense Moshe Sharett, revelado em seu diário que fala em linguagem explícita, que a liderança política e militares de Israel nunca acreditaram em qualquer perigo árabe a Israel", escreve Ralph Schoenman.

"Eles tentaram manobrar e forçar os Estados árabes em confrontos militares que a liderança sionista estavam certos de ganhar, assim Israel poderia realizar a desestabilização dos regimes árabes e a ocupação planejada de território adicional."

- E agora tudo que afirmava esses relatórios estão se cumprindo, curioso né ?

A História se cumpre na Síria hoje ?

Carniceiros EUA e Israel

Para concluirmos o que foi dito até aqui, parece que Israel quer que todos os países árabes vivam em pleno medo e descrédito entre si e divididos, assim alimentam isso criando novos grupos terroristas. O ISIS é uma grupo SUNITA, que faz frente aos grupos XIITAS, que dominam tanto a Síria como o IRAQUE.

Ou melhor; o ISIS está sendo servido para desestabilizar as forças e resistências ANTI-SIONISTAS, e na verdade os grupo Estados Islâmicos são mercenários contratados pela OTAN, á serviço do Loby Sionista de Israel e de Washington.

Terroristas Isis são agentes mossad

Acima: um combatente do Estados Islâmicos flagrado com uma tatuagem das forças armadas americanas e outro com um pingente no pescoço da estrela de Davi. Isso só reforça ainda mais que tais guerrilheiros são mercenários contratados pela CIA e Mossad e seus aliados.

- Na verdade são os Sionistas e Americanos é que estão matando os cristãos e outros grupos religiosos no Iraque e em outras regiões, numa forma de mover a opinião pública em favor de suas guerras fabricadas nos gabinetes de um elite maldita.

O General Wesley Clark, um dos que revelou publicamente em entrevista em março de 2007, ao jornalista Amy Goodman, que a administração de (George W.) Bush pensava invadir e ocupar sete países em cinco anos: Iraque, Síria, Líbano, Líbia, Somália, Sudão e Irã. E agora recentemente na CNN ele volta afirmando que o Estados Islâmicos é criação dos EUA e seus aliados.

Edward Snowden revela verdade do daesh

Recentemente; O ex-NSA e agente da CIA Edward Snowden, que ficou famoso por denunciar diversas manobras macabras do governo americano por sua agencia de segurança (NSA), tinha já falado de bombásticas revelações sobre o assunto.

Em julho de 2014 foi noticiado que Snowden teria publicado documentos revelando que Abu Bakr al-Baghdadi, líder do Da'ish, seria na verdade Simon Elliott, de ascendência judia, recrutado pelo Mossad para criar discórdia entre os muçulmanos, fomentar a guerra entre o Oriente e o Ocidente e assim reforçar a posição do Estado de Israel no Oriente Médio. Segundo os documentos supostamente revelados por Snowden, a única solução para a proteção do Estado judeu seria "criar um inimigo perto de suas fronteiras”.

Lider do daesh Abu Bakr Al Baghdadi

Numa estratégia para atrair todos os extremistas do mundo para um só lugar, usando uma estratégia chamada de "o ninho de vespas".

A estratégia do ninho de vespa tem como objetivo trazer todas as principais ameaças a um lugar, a fim de monitorá-los, e principalmente abalar a estabilidade dos países árabes.

Delação WikiLeaks

Wikileaks Estados Islâmicos

Segundo revelações feitas pela Wikileaks, um organização famosa vazar documentos, fotos e informações confidenciais, de governos ou empresa, afirma que a administração norte-americana armou grupos como o Estado Islâmico. Os quase 3 mil documentos sobre o assunto foram divulgados pelo site dirigido por Julian Assange.

Segundo documentos obtidos pelo jornal britânico The Guardian, grande parte do armamento utilizado pelo Isis veio de grupos armados pelos EUA e cooptados por Abu Bakr al-Baghdadi, líder do Califado Islâmico, que hoje controla territórios na Síria e no Iraque.

Para enviar as armas, o Governo Obama usou bases clandestinas na Jordânia e na Turquia. Aliados dos EUA na região, como a Arábia Saudita e o Qatar, também forneceram ajuda financeira e militar á mercenários da frente Al Nusrah que unidos com os jihardista do Isil, combatem as forças da Síria.

Netanyahu visitando terroristas

"O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu e o ministro da Defesa Moshe Ya'alon ao lado de um mercenário [terrorista] ferido, hospital de campanha militar israelense na fronteira da Colina de Golã ocupada com a Síria, 18 de fevereiro de 2014".

Israel manteve e apoiou bases nas colínas de Golã em apoio ao Al Qaeda e grupos de mercenários como Al Nusrah e o Isis, onde ajuda militar e suprimentos militares são canalizados para a Síria através das Colinas de Golã ocupadas pelos sionistas.

E o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu confirmou em um comunicado semi-oficial de que Israel está apoiando tais combatentes e reconheceu que "elementos jihadistas do mundo que atuam dentro da Síria" , incluindo mercenários estrangeiros, são apoiados por Israel.

Aliança Maldita

No Iraque recentemente moradores alegaram presenciarem a queda de armamentos e comida de paraquedas americanos para os jihadistas do ISIS.

"Estes são os pára-quedas americanos que os norte-americanos enviaram para ISIS quando eles estavam aqui em Baiji"

Vejam abaixo o vídeo:

Mais tarde o exército do Iraque derrubaram dois aviões britânicos que foi constatado que eles na verdade estavam transportando armas para os terroristas do ISIS na província de Al-Anbar.

Britânicos flagrados no envio armas ao ISIS

Vejam aqui artigo: Armas britânicas sendo enviadas ao grupo ISIS

- Neste mesmo ano (2015)Um rabino israelense afirmou que a presença do grupo ISIS/EIIL na região do Oriente Médio é um apoio para que o regime de Tel Aviv alcance seus objetivos.

Deus lançou o ISIS contra as nações que querem acabar com Israel”, alegou Nir Ben Artzi durante seu sermão semanal nos territórios ocupados citado pela agência palestina de noticias ‘Sama News’.

Uma Pedra no Sapato

Mossad e CIA financiando o Daesh

O presidente russo Vladimir Putin propôs a Washington e seus sócios ajudar conjuntamente o governo sírio contra o Exército Islâmico, o que jamais aceitaram.

Recentemente as forças russas em apoio ao governo de Bashar al-Assad, fez várias retaliações com bombardeios ás forças dos Estados Islâmicos, e foi criticado pela administração Obama, por cometer erros atacando alvos civis.

O que ser mais uma mentira do tal Nobel da paz; o sr Obama, já que diversas fontes já denunciaram que é os EUA que bombardearam repetidamente refinarias de petróleo, pontes, silos de grãos, instalações de distribuição de alimentos, e outras infra-estruturas civis e áreas civis.

Recentemente o chanceler Serguei Lavrov afirmou:

"Moscou dispõe da informação que os EUA conhecem as posições concretas do agrupamento terrorista Estado Islâmico (EI), mas não as mandam bombardear”.

Claro e mais do que claro !

A campanha de bombardeios dos EUA é uma violação do direito internacional, assim como as invasões de fronteiras feitas por seus aliados em prol de seus interesses obscuros e sórdidos. Operações complexas e limpas executadas pela cabala sionista, que sempre comanda o jogo por trás dos bastidores. Onde ele sempre saem como os mocinhos da história, graças á sua mídia corrupta, políticos inescrupulosos e todos que se vendem por seus dinheiros sujos e venerações.

E assim a agenda Illuminati capitalista dos estados unidos e seus aliados, destroem uma nação inteira, somente por causa de seus recursos naturais. Triste, muitos triste….

Vejam: EUA, Israel e Europa querem o gás e o gasoduto da Síria

Culpa morte de Alan Kurdi e outras crianças

E assim fica aqui um desabafo meu, onde muitos jornais sionistas, americanos, ingleses, franceses e até muitos cristãos, demonstrando comovência com fatos como este que ocorreu numa praia da Turquia em comoveu milhares de pessoas pelo mundo sobre a questão dos refugiados da Síria. Furto de uma sociedade totalmente hipócrita. Quem é o culpado disso, será que este artigo pode dar uma idéia ?

OBS: A revista Time publicou em 19 julho de 2014 um artigo argumentando esta história, que foi relatada por muitas fontes iranianas, incluindo agência de notícias do Irã, sendo uma teoria da conspiração do Iraniana e que isso não seria verdade. No entanto, é importante ressaltar que, embora a notícia se tornou viral na rede, Snowden nunca refutou as alegações da agência de notícias iraniana.

Autor: Valter J.Amorim

Fonte: Diversas


 

 

Postagens Relacionadas:

As Invasões e Golpes dos Estados Unidos da América pelo mundo

Falsos ataques terroristas(Falsa bandeira)

Fora Dilma, PT e Bem vindo á uma Nova Ordem Mundial (Illuminati)

Mentira do Direito de Defesa de Israel e suas Operações Cirúrgicas

A Construção do Terceiro Templo em Israel e a grande farsa Sionista !