Miguel - Príncipe Arcanjo da Guerra

Miguel - Príncipe Arcanjo da Guerra

Miguel - E sua Batalha contra o Dragão

Miguel - E sua Batalha contra o Dragão

Miguel - O Arcanjo Guerreiro

Miguel - O Arcanjo Guerreiro

 

6 razões para a Elite Global iniciar a 3º Guerra Mundial

lll Guerra Mundia pela elite global

As pessoas em média mal podem imaginar por que a Terceira Guerra Mundial seria qualquer coisa, menos um evento civilizatório. E, ainda, temos ouvido Neocons com incrementandos discursos retóricos que sugere uma nova guerra mundial como uma opção viável para corrigir a morte do dólar e da economia. Ou, talvez seja simplesmente um investimento sólido na visão de um Globalista.

Documentos da Rand Corporation apontam para um desejo de guerra total no exterior e nos EUA. A recente reativação das tensões da Coreia do Norte e da Coreia do Sul poderia ser um catalisador potencial num cenário da Guerra Mundial Leste-Oeste, possivelmente envolvendo armas nucleares.

No entanto, a próxima Guerra Mundial não precisa necessariamente ser uma conflagração; que poderia ser um processo lento de imagem estável, friamente calculado para mergulhar o mundo em austeridade e controle totalitário através de regulamentos, como os propostos pelo Codex Alimentarius e Agenda 21.

Assim, se alguém colocar-se no pensamento de um sociopata, pode-se encontrar as seguintes 6 razões perfeitas para iniciar a III Guerra Mundial, por armas nucleares seguindo as diretrizes da agenda da governança mundial.

Dividir e conquistar

Distração:

Conflitos regionais militares e financeiros estão sendo expostos e flagradas como pilhagem econômica e técnicas de dividir para conquistar. Protestos estão surgindo em todo o mundo com as pessoas que estão despertando para suas escravizações em massa. Simultaneamente, o desdobramento do estado policial de alta tecnologia; mais legislações repressoras estão sendo criadas para criminalizar independência e controlar a Internet; e uma redução do nível de vida afim de minimizar a possibilidade de adquisições de distrações, mesmo as simples, como televisão por cabo.

O maior despertar é que um número exponencial de pessoas estão começando a perceber que suas vozes não tem significado na arena política. O paradigma político esquerda-direita está em grave perigo, surgido por razões óbvias de ações recentes, com Obama concedendo a medalha de liberdade ao Sr Bush. Adicione isso aos pedido para deter Bush Jr. como um criminoso de guerra (e o questionamento posterior da razão pela qual Obama não iria apoiar tal julgamento) e começamos a ver indícios de que as pessoas estão vendo através da Fórmula Quigley. Com tal levantamento populista contra todas as formas de opressão, o tempo acelerou e as tais distrações como meio de controle já não funcionam mais e a saída com uma ditadura global é a resposta.

Queda dolar americanoImpulsionar o dólar:

A primeira coisa que aconteceu quando os tiros foram disparados entre o Norte e Coreia do Sul foi uma fuga para o dólar, assim como todas as outras crises. A Rússia e China acaba de anunciar que eles encerrarão o dólar, e ainda assim o dólar se recusa a entrar em colapso, apesar dos fundamentos que são verdadeiramente repugnante. É quase como se houvesse demasiadas crises para que o anúncio da Rússia-China chegasse a importar.

Momento perfeito.

Em vez disso, seria uma estratégia muito boa para o dólar a se recuperar antes de ser dissolvido em uma moeda global, como o dólar apoia a superpotência mundial premier. Agora temos um enredo duplo de guerras financeiras e militares que conduzem ao mesmo objetivo. Isto poderia ser o início de uma estratégia monetária e semelhante a da Segunda Guerra Mundial criada para coordenar um colapso universal para beneficiar os interesses globais. E não vamos esquecer no que realmente se lê na moeda: Nova Ordem Mundial.

Hegêmonia

Hegemonia global:

A eliminação de "nações párias" está no centro da agenda globalista, que visa a consolidação nas mãos em algumas regiões poderosas. Na verdade, foi o objetivo declarado da Comissão Trilateral desde sua criação em 1973 sob direção Rockefeller e Brzezinski. De Brzezinski temos a resposta em 1974, à pergunta, do o que é a Nova Ordem Mundial?

Diz ele: "Precisamos mudar o sistema internacional para um sistema global no qual forças novas, ativas e criativas - recentemente desenvolvidas - devem ser integradas". Desde então, a integração tem sido usada com grande efeito pelos EUA para iniciar guerras onde regimes "terroristas" podem ser subvertidos ou desmantelados, e suas bandeiras (recursos) capturadas. A China está em uma posição semelhante com o estado vadio da Coréia do Norte, onde eles podem dirigí-los para a ação quando bem for conveniente. A China agora está sendo pressionada pela comunidade global para conter o regime. Perfeito, eles podem consolidar suas participações de forma semelhante ao que os EUA já fizeram com a Coréia do Sul. Este novo conflito coreano poderia ter o duplo efeito perfeito no mundo ocidental, dirigindo por segurança ao estabelecimento anglo-americano (e o dólar), enquanto o Leste procura o apoio da China para corrigir a instabilidade na região. E enquanto a Rússia e o Irão estão lá para uma solução final potencial e junta forças.

PatriotismoA "sensação de boa"  Guerra:

Para aqueles que não estão em sintonia com a Agenda Globalista Maior, a América está na extrema necessidade de uma guerra de bem-estar. . . Anunciando outra ameaça alemã nazista que possui intenções incontestáveis ​​de dominação global.

Com a China do palco esquerdo como o tal monstro. A China comunista não condenou a Coreia do Norte por suas ações mais recentes, e tem dado avisos antecipados para os EUA a cerca de exercícios navais em sua "zona económica exclusiva." Se isto continuar, eles só reforçarão a sua posição como o inimigo perfeito comum do Ocidente. Aqueles que são naturalmente opostos ao Globalismo vêem a China como o principal exemplo das políticas que atrapalharão uma tirania global. Uma guerra com a China, ou comunismo em geral, dará ao Ocidente mais do que apenas um bicho-papão em uma caverna, que seja realmente visto como uma ameaça física e econômica para a civilização ocidental. A oposição em massa às mentiras que levaram a guerras no Oriente Médio quase se esgotaram. E a China e outras nações comunistas poderá ser a desculpa, lançando uma ameaça real, para a execução dos planos para a agenda Globalista em direção ao seu verdadeiro propósito.

Industria militarInvestimento no Complexo Militar-Industrial:

54% do orçamento federal dos EUA é gasto com os militares em todas as suas formas, uma vez que continua a se expandir em grande velocidade no exterior e nas ruas da América. Armas tradicionais de destruição física, bem como armamento de alta tecnologia e soldados de mentes controladas em linha reta fora da ficção científica são definidas para se alinhar com as de vigilância e rastreamento de recursos de biometria e comportamento preditivo criminologicos. Novas guerras são sempre necessárias; particularmente os conflitos regionais de pequena escala, como os sugeridos repetidamente por Zbigniew Brzezinski e outros geo-políticos globalistas. No entanto, seus próprios escritos indicam um momento em que os conflitos regionais deve se transformar em uma global, a fim de cumprir a agenda final de uma ditadura mundial científica integrada que, vem após a consolidação exigida pela III Guerra Mundial. A guerra final não terá um nome, porque será uma governança global descaradamente desencadeada contra as pessoas que eles já tem sistematicamente escravizadas. Esta guerra final tem um objetivo.

Despovoamento

Despovoamento:

Esta parte da agenda ainda é difícil para a maioria das pessoas entenderem, mas é imperativo fazer a pergunta, o que vai oferecer a governança global, para uma vez que seus objetivos de "ordem a partir do caos" Sejam alcançados?

Precisamos apenas olhar para os resultados numa base de país a país quando as organizações Globalistas como o Banco Mundial e o FMI têm gerado ao longo tempo: mais pobreza, mais doenças, e uma diminuição da expectativa de vida. Eles já estão operando em segredo com armas suaves para matar concebidas para enfraquecer a resistência e causar a esterilidade. O analista de geopolítica russa, Konstantin Sivkov, acredita que a Terceira Guerra Mundial já começou afirmou que, "A história mostra que a" elite "de civilizações egoístas não se importam por sacrifícios humanos, se não houver uma garantia de que eles próprios venham a sobreviver em bunkers."

Eles têm os bunkers.

Podemos ou não ouvir a 3º Gerra Mundial anunciada na notícia da noite, mas podemos olhar para os sinais de consolidação global que define a agenda da Nova Ordem Mundial. Com cada novo conflito e a cada nova legislação, parece que esses sinais estão se tornando mais óbvios por dia.

Fonte: http://www.activistpost.com/


Postagens Relacionadas:

As profecias de Benjamin Solari Parravicini e a Terceira Guerra Mundial

As 16 Profecias Extraterrestres

A Grande Israel – O Plano Sionista para o Oriente Medio

O Antiamericanismo e a farsa da Guerra contra o Terror

A Besta Apocalíptica e sua Guerra ao Comunismo e o Socialismo de Esquerda