Miguel - Príncipe Arcanjo da Guerra

Miguel - Príncipe Arcanjo da Guerra

Miguel - E sua Batalha contra o Dragão

Miguel - E sua Batalha contra o Dragão

Miguel - O Arcanjo Guerreiro

Miguel - O Arcanjo Guerreiro

 

A linhagem Reptiliana de Israel Sionista

Linhagem reptiliana Israel

A linhagem Reptiliana

Na realidade atual, quando falamos de conspirações mundiais, sempre num angulo maior, grande parte das consciências, pensam logo nos Illuminatís.

E em meio á idéias mais complexas conspiratórias até transcendentais e ufológicas, cita se muito a visão de uma raça reptiliana, que estaria aqui na terra com o intuito de dominar a humanidade. Más como seria a interação destes seres entre nós e sua ligação com a elite global ?

Vamos aqui abordar a visão do espírito Ramatís, e de outros e demais fatos históricos para tentarmos elucidar certas idéias. Estarei também a citar outras revelações de âmbito mediúnico, relacionado á cultura “NEW AGE” tão ampla e conhecida na América a fim de entender ação real destes espíritos decaídos em nosso planeta.

Anjos caídos draconianos

Jesus e os Reptilianos

A origem da interação reptiliana na terra remonta eras na antiguidade, entre os períodos que o planeta passou a receber estas coletividades de espíritos caídos (banidos de outros planetas). Por isso vamos apenas vamos tratar no periodo recente, entre a transição cristã e judaica de 2 mil anos atrás, como períodos finais da tentativa de dominarem todo planeta diante da transição final ao qual banirá estas entidades maléficas daqui num novo expurgo. (aconselho a leitura do livro “exilados da capela”).

Vejam: Sionismo – O Dragão do santos empregos Apocalipse e a Invasão Reptiliana

Há mais ou menos dois mil anos atrás, quando Jesus de Nazaré esteve entre nós, o maior dos AVATARES que tivera a missão onde encarnaria numa época importantíssima para o despertamento dos seres, em meio ao povo judaico. Povo iniciado na adoração religiosa monoteísta de Javé, onde as bases já haviam sido edificadas a dois mil anos antes por Moisés.

Grande parte deste judaísmo decadente (político ou fariseuco) se rebelou contra esta nova ordem espiritual, na tentativa de obter a força as promessas que deveria segundo eles se cumprir na carne e não no espírito.

Com isso foram mais uma vez castigados, pela ira divina que se derramou sobre aquela nação, com o domínio Romano que gerou a expulsão de seu territórios sagrados.

O Karma judaico político

Quando aqui se fala em judaísmo político estou se referindo ao judaísmo não religioso, mais sim na oligarquia humana que procura com fins unir o mundo político com a religião (sionista). Pois nem todos os judeus que estavam entre esta nação castigada, era infimamente ligada vibratóriamente á estas idéias de domínio, pois a própria religião judaica era provida de ensinos morais para qualificar a moral humana.

Como é visto em (Ezequiel 18:27), sempre foi estes os desígnios de DEUS para com os homens, e estes desígnios estavam mais acima dos próprios rituais exteriores. Leiam (Miquéias 6:7e8).

E por negarem estes novos ensinos trazido por Jesus a nação (material), perdeu o direito de suas terras consideradas tanto sagradas, num novo exílio que durou quase 2 mil anos.

Estrela morte sionista

A História não é bem como nos contam:

Em meio a tentar dominar a situação de destaque no mundo, O Sionismo Judaico foi criado com este intuito, apesar de possuir e oferecer uma imagem central baseado no fortalecimento da nação pela volta á suas terras.

Estava mais fundamentada pelo racismo e até mesmo contra os próprios judeus que se rebelassem contra os judaísmo, centralizada no espírito de posse e domínio.

Vejam: Os ensinos Satânicos do Talmud e suas ligações com o Sionismo

Segundo o que fora mais tarde revelado por um documento intitulado “ O protocolo dos Sábios de Sião”.

Nada exprimiu mais seu teor filosófico do que estas palavras:

“Nessa nova organização da Humanidade, os filhos de Israel, dispersos por todos os cantos da terra se converterão ….Os governos das nações integrantes da futura República Universal cairão, sem esforço, nas mãos dos israelitas, …..A propriedade privada poderá então ser suprimida pelos governantes da raça judia, que administrão, em todas as partes dos fundos públicos. Assim se realizará a promessa do Talmud, segundo o qual, quando chegar o tempo do Messias, nós judeus possuiremos os bens de todos os povos da Terra.” (trecho da carta que Karl Marx recebeu de seu Rabino Baruch Levy em 1848).

– Como vemos aqui, a frase é direta “Nova República Universal” ou seja: não seria o poder oligárquico (illuminatis) que já domina a sociedade hoje ?

E mais adiante vemos que a intenção era agir passivamente, com a intenção futura de tomar controle destes poderes.

Segundo o profeta Ezequiel em uma da suas profecias, Jeová após o exílio babilônico, levaria está nação de volta a sua terra, tornando Israel uma nação prospera, onde não seria humilhada nunca mais. Até mesmo o tesouro de outros povos seriam seus. Ver: (Zaracias 14:14) e mais (Os Últimos dias e o que a Bíblia diz realmente).

Mais isso só seria possível com suas aceitações para com a Boa Nova, traga pelo Messias (Jesus), portanto ao negá-lo, eles perderão o que havia lhes sido prometido divinamente.

Este exílio babilônico durou apenas 70 anos e nada da profecia se cumprir, portanto os espíritos mais inteligentes sabiam e sabem que sobre Israel (material) não se cumpriu a promessa, naquela época prevista, portanto o sionismo é uma forma política de tentar mudar ou forjar um novo Reinado Messiânico.

Judaismo abomina sionismo

Reconquistando a Terra Santa

Antes de 1948, data fundação do estado de Israel, para a conquista destes territórios, grande parte de grupos judeus terrorista, foram os iniciadores de atentados a bomba, para mover a opinião pública e assim conseguiram.

Por lógica espiritual, está raça havia sido banida de seu território por desígnios divinos, como na época babilônica, mais segundo o que conta o Torah, Deus afirmou que e a expiação dos pecados de toda a nação duraria 430 anos, mais no exílio Romano não, não existe suposta profecia que se refere á volta dos judeus á terra santa em 1948. E esta foi um das idéias contrárias ao Torah e difundidas pelo sionismo.

E assim absorveram não somente as religiões cristãs da época como as atuais, e também governos de vários países como América e Inglaterra que segundo a visão sionista, seria a Nova Sião, somente para com estas falsas idéias facilitar a reconquistas de seus territórios a tanto perdido.

E na época (1948) da criação do estado de Israel, quem estavam nestas terras, morando por quase dois mil anos?

Sim! Os Palestinos, que injustamente foram desapropriados de suas terras e perseguidos, conta-se Gandhi, em seu claro Manifesto sobre os judeus na Palestina, denuncia a imoralidade e a feroz brutalidade dos judeus contra o povo palestino e crimes contra a humanidade.

Onde está a justiça do povo de DEUS, para com seus semelhantes ?

Vejam: A usurpação da Palestina pelos judeus Sionistas da Nova Ordem Mundial

Este Sionismo controla tudo; governos, mídia, a religião, e o mundo. A maioria dos cristãos quando escutam falar em Palestinos e Muçulmanos, se lembram sempre como os verdadeiros co-criadores do terrorismo no mundo.

Não que estamos aqui a defender a causa radical muçulmana, e pregar uma visão anti-semita, mais para entender que a revolta árabe tem um por quê, e um dos verdadeiros motivos entre os conflitos naquela região.

E a realidade ainda é mais crua, pois milhares de pessoas, entre mulheres e crianças são trucidadas todos os anos por este poder satânico, e a mídia não mostra isso.

O DEUS (USA) disponibiliza através do mercado; armas de alta tecnologia em comparação ao poder ultrapassado muçulmanos, e por isto vemos sempre uma baixa maior do lado palestino em comparação á Israel.

Portanto o eixo do mal que está centralizado no domínio mundial, não é caracterizado apenas no poder americano ou na sociedade secreta Illuminatis como muitos pensam, e tudo que parece são apenas fantoches do Sionismo, que age sorrateiramente sobre o sistema.

Cruz anticristã

Um Novo Anticristo

E em harmonia com toda essa situação histórica sionista em relação com a história cristã, vemos hoje por uma falsa filosofia de muitas seitas cristãs, um novo poder antagônico para com a missão de propagação das verdades do evangelho para com o mundo, pois milhares de instituições protestantes, na maioria. Disponibilizarem recursos e apoio para o restabelecimento deste novo reino, na tentativa de apressar a futura vinda de Jesus, segundo suas crenças. Tornando assim, a grande maioria dos cristãos como co-participantes indiretos das manobras sionistas pelo mundo. Ver: (Esta postagem para entender click aqui)

Sedução reptiliana

Autor: Valter J.AmorimSegundo os Espíritos

“É necessário que todos os Seres envolvidos no labor do Cristo e na redenção desse planeta estejam cientes dos acontecimentos que ocorrem do lado oculto e inferior dessa humanidade de superfície.

Há uma espécie de seres atuantes neste orbe, que denominastes Reptilianos. São provindos de outros orbes (planetas), decaídos inúmeras vezes de diversos planetas, aos quais foram dadas inúmeras oportunidades de trabalho e evolução. Aproveitam-se da energia de decadência de finais de civilizações para sugarem-na e pretendem dominar este planeta. São conhecedores de tecnologia avançadíssima, dominam a cibernética, a energia atômica e as mutações genéticas.” (Setun Shenar)

“ Reduto das “bestas-feras” da atualidade, Israel concentra o maior número de reencarnantes de linhagem Reptiliana, decaída de orbe vizinho, antigo planeta onde habitavam essas criaturas. Não são seus descendentes diretos, contudo conservam em seu patrimônio genético os genes do instinto selvagem, herdados de cruzamentos longínquos com os Reptilianos. Sua semente de ódio espalhou-se na Terra, qual erva daninha que pequenina e frágil infiltra-se em toda parte, …. Foi para dobrar-lhes o coração endurecido que o Mestre Amado (JESUS) veio.

A concentração desses seres em território definido foi adiada por longos anos, porquanto haveria de se preparar a humanidade, antes que viesse a enfrentar a presença dos seres perversos e de coração endurecido. Sua reunião e convivência permanente em determinado território terminaria por criar ondas magnéticas que propiciariam a aberturas dos portais energéticos de acesso às terríveis criaturas, que se encontravam aprisionadas em outra dimensão, sem oportunidade de manifestação no plano físico. (Ramatís) Ver (Apocalipse 20:7, 8)

Ramatís responde:

Pergunta: Então já se sabia que quando eles se juntassem numa área dariam vazão à energia densa que, uma vez concentrada, abriria portais dimensionais negativos?

RAMATÍS: Sim. A negatividade decorre do primarismo das emoções dessas criaturas, cujos sentimentos, como os conhecemos, desenvolvidos e depurados pela evolução, inexistem. Prevalece, nos seus espíritos, o instinto primitivo e acurado desejo de posse, domínio e escravidão.

Onde o orgulho e o egoísmo desenvolvem suas ramagens, o amor permanece embrionário, aguardando que a dor, adubo dos sentimentos elevados, facilite-lhe o germinar que ativa o dínamo da vida.

Pergunta: Mas, naturalmente, entre os judeus, há também pessoas boas, espíritos do bem?

RAMATÍS: Sem dúvida que há. Espíritos de boa índole há em toda parte, até mesmo, porque tendo o espírito originado-se da Centelha Divina, possui em seu âmago a semente do bem, muitas vezes ainda em estado de dormência.

Ocorre que, excessivamente dominados pelo instinto de posse e dominação, recusaram-se a aceitar a presença do Divino Jesus e Seu exemplo de simplicidade. Na Lição Amorosa de que se vai ao Pai, não pelo orgulho, e sim pela humildade, não pela riqueza, e sim pela caridade, não pela dominação, e sim pelo respeito compartilhado por irmãos, eles se recusaram a receber em seus corações o único Ser já existente na Terra capaz de tocar-lhes a intimidade da Chama Crística, despertando-a para a vida.

Em decorrência de sua recusa da Boa Nova do Cristo, a coletividade espiritual que atende hoje pela denominação de Povo Judeu, bem como a seita religiosa que os compraz, o Judaísmo, tornaram-se estacionários no caminho evolutivo e aguardam, até os dias de hoje, o acontecimento extraordinário que irá demonstrar-lhes a razão da existência.

Esperam em vão, atrasando também toda a humanidade terrestre, pois a Comunidade Judaica, como coletividade-célula do corpo dessa humanidade, agrega, há milênios, pesado e difícil carma em sua história evolutiva. (Ramatis, em 11/08/2006)

Gene reptiliano humano

Energias perigosas

O planeta vive momento propício para os Reptilianos realizarem mais uma vez o intento de manifestarem-se na superfície e dominá-los.

Mais uma vez, a última neste Orbe, manifestam-se os Dragões.

Não tarda a hora do basta, pois em todos os setores do planeta, no plano físico e no astral, há saturação perigosa de energia deletéria. Não houvesse o comando da Força do Pai e as estruturas frágeis da humanidade se haveriam rompido e a “natureza descontrolada” já teria banido o homem da Terra.

Trabalhai, irmãs, com coragem, amor e fé, para minimizar os efeitos perigosos e danosos do mal sobre o planeta e sua humanidade. (Setun Shenar)

“A cena acontecia em um laboratório de Reptilianos. Dentro, havia pessoas humanas com seus corpos abertos. Homens, mulheres e crianças, submetidos a experiências genéticas. Pareciam anestesiadas, ou hipnotizadas.

Os órgãos humanos eram criados e adaptados àquelas pessoas, para testar o funcionamento dos mesmos.

Os profissionais são Reptilianos (cientistas) materializados em humanos.

Entram no hospital com uma caixa prateada quadrada, entregam o fígado já geneticamente alterado. Ouço alguém dizer que a pessoa que receberá o fígado sofrerá interferência nos seus genes e será monitorada pelos seres trevosos….” (Setun Shenar)

“…………comecei a ver povos bárbaros em lutas constantes por disputas de território. Desejavam dominar a terra para desenvolverem uma poderosa civilização. Atraíram para o planeta seres com forma já definida de réptil, sem nenhum traço humano. Chegaram em Nave Espacial muito feia. Travaram contato e parceria na atividade funesta de dominação.

Os intrusos atraíram, por força magnética, habitantes inferiores da Terra e, juntos, foram os colonizadores do continente Norte Americano.”

(Descrição de uma médium desdobrada ao visualizar os Aquivos Arkashicos)

David Icke reptilianos

Segundo David Icke

Os reptilianos e outras entidades, que estão manipulando nosso mundo através da possessão de corpos “humanos”, operam em freqüências entre a Terceira e Quarta densidades. Estas freqüências são referidas como “espaços escondidos e planos desconhecidos para o homem“, eu me refiro a este “entre mundo” em meus livros como a mais baixa quarta dimensão.

É de lá que eles policiam nossa prisão vibracional – a Matriz – e buscam nos viciar e nos restringir aos sentidos físicos densos. Este mundo foi uma vez muito menos denso do que é hoje e a “queda” das freqüências, causadas pela manipulação de consciência encarnada e infiltração de DNA, tornou muito mais difícil de manter uma conexão multidimensional enquanto em forma física.

Nós estamos agora em um ciclo de mudança quando a vibração deste “mundo” será elevada fora da atual densidade e retornará para onde esteve uma vez. Dessa forma, a habilidade dos reptilianos para manipular nossa forma física será removida, e é por isso que eles estão em tal pânico neste momento tentando impedir que esta mudança abra a porta da prisão vibracional.

Ponto Final

Aqueles que acreditam numa “transição planetária” pacífica e livre dos cataclismos e dos estertores da Terra estão mergulhados em profunda auto-hipnose e não enxergam o mundo real que habitam, fingindo não escutar as notícias mundiais de desequilíbrios e horrores desta hora. (José de Arimatéia, em 13/04/2007)

– Somente através da dor sentida na própria carne, de todo sofrimento impingido a outrem, é que as imperfeições humanas tornam-se virtudes.

Os ódios arrastam-se de um planeta para outro, de um ciclo planetário a outro, e transportarão, mais uma vez, para outro orbe, em novo exílio, coletividades inteiras, em deprimente atraso espiritual.

Hebreus, Sunitas, Muçulmanos, Xiitas, Maometanos, não importa a designação adotada, os espíritos milenares arraigados em ódios e vinganças, atravessam as barreiras do tempo e do universo e engalfinham-se numa torrente interminável de ódio.

O cronômetro mostra que estais em contagem regressiva para a verticalização do eixo terrestre e final do “Império das Sombras”.

(Ramatis, em 09/03/2007) Ver (Ver: Apocalipse 12:12)

Comentário:

– Como vemos aqui, a concepção conspiração mundial se estabelece de forma bem mais complexa do que muitos pensam, está centralizada primitivamente ainda nas paixões inferiores que domina os seres, este padrão inferior reptiliano age mais diretamente pelo astral, nos padrões morais inferiores que ainda jazem em grande parte das almas humanas. Más o caminho para a regeneração está aberto, Jesus é o nome.

“Orai e vigiai”

Deixarei aqui três textos “Os Decaídos e Sua Trajetória Terrestre” (volumes 1, 2 e 3) – Série Os Extraterrestres e Nós do Grupo de Estudos Ramatis.

Que faz elucidações importantíssima sobre as raças e os processo de transição planetaria ditada por vários espíritos, para que cada um possa pesquisar e complementar mais ainda sua visão interna pessoal sobre o assunto, abraços e muita paz e luz a todos !!!!

* Os Decaídos e Sua Trajetória Terrestre Vol 1

* Os Decaídos e Sua Trajetória Terrestre Vol 2

* Os Decaídos e Sua Trajetória Terrestre Vol 3


Postagens Relacionadas :

A Invasão da terra por entidades reptilianas da Constelação de Draco

Maçonaria: Um culto fantoche Judaico-Sionista Anticristão

Sionismo, Uma Doença da Sociedade Judia !

O Estado de Israel não bíblico (1948), origem Rothschild e a Conspiração Turca

A origem Cristã Sionista e as influências satânicas Rothschild